Siga também no:

Conteúdo

Assembleia estuda dispensar auxiliares de limpeza já que pano o Mazinho passa

Na Assembleia, o serviço de limpeza parece estar com os dias contados. Por quê? Porque o deputado Mazinho já está fazendo o trabalho pesado e assumiu o papel de zelador-mor de polêmicas. Quem precisa de auxiliares de limpeza quando se tem um especialista em passar o pano em escândalos políticos? Com habilidades de ‘limpeza’ tão eficientes, Mazinho não só varre as sujeiras para debaixo do tapete, mas também as polvilha com um toque de retórica vazia. 

Quando o deputado Lucas Polese, em uma performance noturna com carro oficial da Assembleia às 1h30 da madrugada na Praia do Canto, decidiu negar soprar o aparelho, quem apareceu para ‘limpar’? Mazinho, claro. 

Ele prontamente varreu a sujeira com um relatório que concluiu ‘falta de provas’. Sim, mesmo com o relato do policial declarando odor etílico no deputado Lucas Polese.

E, para adicionar um toque final à obra de arte da Assembleia, Polese, um dia após o arquivamento, em uma live não muito esperta, baixou o espírito do Tim Maia e declarou ser um réu confesso ao ter bebido vinho naquela noite. Quem precisa de auxiliares de limpeza quando se tem um especialista em passar o pano em escândalos políticos com tamanha destreza?

Nada vai mudar. Então, só nos resta parabenizar o incrível trabalho de Mazinho dos Anjos e Lucas Polese.

Continue Reading
Publicidade

Mais em Conteúdo

Mais lidas

Textos Convidados

Sociedade do Umbiguinho

Topo