Siga também no:
Foto: Carlos Alberto Silva/A Gazeta

Conteúdo

ICMS: Assembleia aprova projeto de Casagrande que aumenta suor na sua testa

Se depender da Assembleia Legislativa e do Governo do ES, parece que a única certeza, além da morte e dos impostos, é que o suor na testa do capixaba vai aumentar – e não é só pelo calor infernal.

Com a recente aprovação – com urgência – do aumento na alíquota do ICMS pela Assembleia de 17% para 19,5%, sim, o seu bolso vai sentir a diferença, principalmente na compra do mês.

O placar apertado na votação mostra que nem todos os representantes estão alinhados com a ideia de que mais impostos são a solução para os problemas fiscais. Mas, infelizmente, vemos que tirar mais do povo já tão massacrado é a escolha feita por aqueles no poder.

Não é preciso ser um especialista em economia para perceber que isso pode ser o ingrediente que faltava para a receita do descontentamento popular. E com as próximas eleições municipais no horizonte, o imposto de hoje pode muito bem ter um retrogosto nas urnas em 2024.

Agora, enquanto aguardamos a sanção do governador e a publicação no Diário Oficial, podemos apenas especular sobre como essa decisão afetará o cotidiano dos capixabas.

E se até aqui você sentiu como se estivesse sempre pagando a conta, bom, prepare-se, porque parece que a comanda só aumentou.

Listamos os deputados que votaram a favor na imagem, para que você não deixe essa informação cair no esquecimento:

Adilson Espindula (PDT);

Alexandre Xambinho (Podemos);

Bruno Resende (União);

Dary Pagung (PSB);

Denninho Silva (União);

Fabrício Gandini (Sem partido);

Janete de Sá (PSB);

João Coser (PT);

José Esmeraldo (PDT);

Mazinho dos Anjos (PSDB);

Raquel Lessa (PP);

Sérgio Meneguelli (Republicanos);

Theodorico Ferraço (PP);

Tyago Hoffmann (PSB);

Vandinho Leite (PSDB).

Continue Reading
Publicidade

Mais em Conteúdo

Mais lidas

Textos Convidados

Sociedade do Umbiguinho

Topo